quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Politécnico de Castelo Branco tem matriculados 138 alunos estrangeiros de 38 países

PARTILHAR
ESTUDANTES DE TIMOR-LESTE EM CASTELO BRANCO

Castelo Branco, 19 set (Lusa) - O Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) tem já matriculados neste ano letivo 138 alunos de 38 nacionalidades ao abrigo do estatuto de estudante internacional, sendo que no ano anterior teve 78, foi hoje anunciado.

"De salientar que apesar de ainda não terem terminado todas as fases de candidatura, o IPCB já tem matriculados no presente ano letivo 138 alunos ao abrigo do estatuto de estudante internacional, em comparação com 78 do ano anterior", refere em comunicado enviado à agência Lusa o presidente do IPCB, Carlos Maia.

Esta instituição de ensino superior público tem feito, nos últimos anos, uma forte aposta na captação de alunos estrangeiros, para além dos provenientes ao abrigo dos programas de mobilidade.

"Essa aposta tem tido efeitos muito positivos", afirma.

Contudo, sublinha que se trata de processos morosos: "Estes processos são morosos, porque para além das questões pedagógicas e científicas, há também questões formais a resolver, tendo em conta que é necessário compatibilizar as regras vigentes nos dois países e, por vezes, até nos dois continentes".


Considerando todos os regimes, vão estudar no presente ano letivo de 2017/2018, nas seis escolas do IPCB, alunos de 38 nacionalidades.

Carlos Maia realça ainda que a instituição recebeu, este ano letivo, um grupo de 25 alunos do Instituto Politécnico de Macau, que vão frequentar a instituição portuguesa na sequência de um protocolo estabelecido em 2016.

"Esta é uma importante etapa para o IPCB e motivo de grande satisfação, porque a vinda destes alunos traduz, por um lado, o reconhecimento por parte do Instituto Politécnico de Macau (IPM) da qualidade da formação ministrada no IPCB, e, por outro, porque constitui a concretização das negociações iniciadas há cerca de seis anos atrás com o IPM", concluiu.

Polónia, Espanha, Eslovénia, Hungria, República Checa, Turquia, China, Grécia, India, Holanda, França, Itália, Lituânia, Roménia, Bósnia, Bulgária, Brasil, México, Cabo Verde, Peru, Panamá, Colômbia, Moçambique, Moldávia, Timor, São Tomé e Príncipe, Angola, Argentina, Ucrânia, Alemanha, Guiné Bissau, Suíça, Inglaterra, Irão, Palestina, Rússia, Croácia e Japão são os 38 países com alunos na instituição de ensino superior albicastrense.

CAYC // SSS
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

1 comentários:

Dudu disse...

ba fiar fali amo juvito naokten ne...amo juvito ho nia maluk amo sira seluk ne presisa lori ba tribunal ba abuso sexul nebe sira halo ba ema nia oan sira timor hodi selu conpensasaun ba vitima sira nebe sira estraga. sira estraga ema nia oan sira nia future hodi subar sira nia hahalok at iha batina mutin nia laran.....