quinta-feira, 20 de abril de 2017

A PIDE ANTES DA PIDE, O DEGREDO – TAMBÉM PARA TIMOR

PARTILHAR


Série de programas da RTP alusiva à tenebrosa polícia política do regime fascista de Oliveira Salazar. Antifascistas condenados ao degredo, Manuel Carrascalão foi um dos degredados, para Timor. Ângela Carrascalão, sua filha, faz a referência em honra de seu pai. |TA|

A Polícia de Informações: A Primeira da Ditadura

Neste episódio relatam-se os acontecimentos históricos que se seguiram à instauração do regime da ditadura militar em 1926 e explicam-se as razões que levaram à criação da primeira polícia política - A Polícia de Informações de Lisboa. A investigação revela factos e documentos inéditos deste período mostrando também imagens e elementos biográficos do primeiro diretor da Policia de Informações - o tenente Brás Vieira. Narra-se ainda a história dos primeiros deportados políticos da ditadura que foram exilados para Timor porque eram considerados perigosos terroristas. No grupo estava o jovem algarvio Manuel Viegas Carrascalão que acabaria por viver e casar em Timor. A história de Timor-Leste confunde-se com a dinastia Carrascalão composta por um pai algarvio uma mãe timorense, catorze filhos e dezenas de netos. 

O episódio narra também como a polícia perseguiu e prendeu os conspiradores das duas primeiras revoltas contra a ditadura militar, os golpes reviralhistas do Porto em 3 de Fevereiro e de Lisboa a 7 de Fevereiro de 1927. Conta-se também como homens importantes do futuro regime Salazarista como António Ferro e Henrique Galvão foram perseguidos pela polícia política na sequência do chamado Golpe dos Fifis ocorrido em Agosto de 1927.

PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: