segunda-feira, 20 de março de 2017

Começa o processo de contagem nos 13 municípios timorenses

PARTILHAR
Díli, 20 mar (Lusa) - As primeiras urnas com os votos contabilizados nas eleições presidenciais de hoje em Timor-Leste começaram, duas horas depois do fecho das urnas, a chegar de vários pontos da capital timorense ao centro de contagem municipal.

O demorado processo de contagem do voto de hoje decorre, numa primeira fase, em cada centro de votação de onde, depois de contados os votos e comprovada a ata de resultados, as urnas seguem para o centro instalado em cada uma das capitais de município.

Em Díli, como comprovou a Lusa no local, as primeiras três urnas a chegar vieram de Camea, no suco de Cristo Rei, seguindo-se pouco tempo depois duas enviadas de Dare.

Só quando se receberem cinco atas, correspondentes a esse número de centros de votação, é que começam a ser tabulados os resultados municipais e só finda a contagem em cada município é que começam a ser conhecidos dados nacionais.

As urnas azuis e com tampa branca, seladas, estão empilhadas na sala montada para o efeito no município de Díli onde chegam acompanhadas por fiscais partidários e responsáveis eleitorais e onde há espaço para observadores e jornalistas acompanharem esta fase.

O diretor-geral do Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE), Acilino Manuel Branco, explicou à Lusa que todo o processo de contagem a nível municipal tem que estar concluído até 48 horas depois do fecho das urnas.

Sem dados parciais de votação Acilino Branco confirma a informação avançada pelo presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) de que a taxa de participação este ano poderá ultrapassar a registada em 2012, quando votaram mais de 78% dos eleitores.

Duas horas depois da votação, confirmou a Lusa, ainda se votava em alguns locais como uma escola em Comoro onde, ao fecho das urnas, ainda estavam nas filas centenas de pessoas.

Acilino Manuel Branco confirmou que não houve incidentes técnicos graves a registar durante a jornada de hoje.

ASP // SB
PARTILHAR

Author: verified_user

Publicação luso-timorense sem fins lucrativos

0 comentários: