domingo, 31 de maio de 2015

INDONÉSIA NÃO QUER LAMENTO EXCESSIVO A SUSPENSÃO DA FIFA

INDONÉSIA NÃO QUER LAMENTO EXCESSIVO A SUSPENSÃO DA FIFA


Jacarta, 31 mai (Lusa) -- O governo da Indonésia disse hoje que a suspensão que da FIFA à federação local (PSSI) não deve ser "lamentada excessivamente" e que as autoridades estão agora concentradas em fazer as reformas necessárias no futebol do país.

A FIFA suspendeu no domingo a Indonésia, devido à interferência governamental na federação daquele país asiático, a menos de duas semanas do início da qualificação para o Campeonato do Mundo de futebol de 2018.

O Ministério do Desporto, em comunicado, disse que "não era a suspensão que queria", quando assumiu uma federação indonésia que estava em crise.

"A sanção da FIFA não deve ser lamentada excessivamente. Temos de ter confiança e acreditar que, se a reforma do futebol nacional poder ser feita com toda a sinceridade, consistência, transparência e com melhor governação, alcançar grandes resultados não será mais um sonho", lê-se no comunicado.

Apesar da suspensão de todas as competições organizadas pelo organismo que rege o futebol mundial, a seleção principal da Indonésia foi autorizada a continuar a disputar nos jogos do sudeste asiático.

"[A decisão da FIFA] resultou da ocupação das atividades da PSSI [a Federação Indonésia de Futebol] por parte das autoridades indonésias", explicou um porta-voz da FIFA.

Na base da decisão dos responsáveis governamentais indonésios de suspender todas as atividades da PSSI está um diferendo com a federação, relativamente à participação de dois clubes, que levou à interrupção do campeonato principal do país.

NFO (RPC) // NFO
Três militares mortos e 11 feridos em atentados no sul da Tailândia

Três militares mortos e 11 feridos em atentados no sul da Tailândia


Banguecoque, 31 mai (Lusa) -- Pelo menos três pessoas morreram e 11 ficaram feridas durante ataques perpetrados por alegados grupos de rebeldes muçulmanos na província tailandesa de Pattani, no sul do país, revelou a imprensa local.

Um engenho explosivo de fabrico caseiro deflagrou na madrugada de hoje numa estrada do distrito de Khok Pho quando um veículo com soldados do exército passava no local, tendo provocado ferimentos em sete militares.

Após a chegada de investigadores ao local, um segundo engenho foi ativado ferindo mais quatro militares e mantando um soldado, explica o diário "Thairath".

Na tarde de sábado, dois membros da brigada de Defesa Civil perderam a vida ao serem baleados quando viajavam num motociclo no distrito de Kapho, refere o "Bangkok Post".

De acordo com a investigação policial, um número indeterminado de homens tirotearam os militares a partir de uma carrinha.

Os atentados com armas ligeiras, homicídios e atentados com explosivos repetem-se a um ritmo quase diário nas províncias de Pattani, Narathiwat e Yala, embora o exército tailandês tenha enviado cerca de 40.000 efetivos para o local desde a imposição do estado de exceção na região em 2005.

Mais de 6.000 pessoas morreram no sul da Tailândia desde que o movimento separatista muçulmanos retomou a luta armada em 2004 depois de uma década de cessar-fogo.

Os rebeldes denunciam a discriminação de que são alvo por parte da maioria budista do país e exigem a criação de um Estado islâmico que integre as três províncias que integravam o sultanato de Pattani, anexado pela Tailândia há um século.

JCS // JCS
India state files case against Nestle after finding high levels of lead in noodles

India state files case against Nestle after finding high levels of lead in noodles


NEW DELHI (AFP) - Authorities in a north Indian state have filed a criminal case against Nestle India after finding dangerous levels of lead in a batch of Maggi noodles, an official said on Sunday.

The Food Safety and Drug Administration (FDA) in northern Uttar Pradesh state has said high lead levels were found during routine tests in two dozen packets of instant noodles, along with flavour enhancer MSG, in March.

The FDA earlier this month ordered the company to recall the batch from stores in the state.

Vijay Bahadur, the state's deputy food safety commissioner, said the case was lodged on Saturday in a local magistrate's court against Nestle India for using misleading packaging and manufacturing potentially harmful products.

Experts warn Japan to be vigilant for the next big earthquake after recent powerful tremblors

Experts warn Japan to be vigilant for the next big earthquake after recent powerful tremblors


TOKYO (AFP) - Seismologists on Sunday warned Japan to stay vigilant for the next "Big One" after a powerful 7.8-magnitude earthquake struck off the coast of the quake-prone nation, injuring a dozen people.

Saturday's quake was the second sizeable tremor Tokyo has experienced in a week, after a much less powerful - but far shallower - earthquake close to the capital on Monday.

Some experts warn recent quakes and volcano eruptions may be signs that areas near the country are entering an active phase of crustal changes. "I can say Japan is in an active stage now," said Dr Toshiyasu Nagao, head of Earthquake Prediction Research Centre at Tokai University. "Considering the geographic location of Japan, we can say the current activities are rather normal and it was too quiet" before the 2011 jolt, he told AFP. "We should be vigilant by knowing that it is no wonder that an earthquake sizeable enough to affect our society can occur anytime in the future."

Dr Kazuki Koketsu, a professor with the Earthquake Research Institute at the University of Tokyo, said the latest tremor was unlikely to be a sign of a potential big jolt in the capital, which was devastated by an massive earthquake in 1923. "But it is important to regard it as an opportunity to prepare for a future quake," Dr Koketsu told TV Asahi.

*Passengers check train schedules after train services were suspended following an earthquake at Shinbashi station in Tokyo, in this photo taken by Kyodo on May 30, 2015. Seismologists on Sunday, May 31, warned Japan to stay vigilant for the next "Big One" after a powerful 7.8-magnitude earthquake struck off the coast of the quake-prone nation, injuring a dozen people. -- PHOTO: REUTERS 

MYANMAR NAVY BLOCKS JOURNALISTS AS MIGRANT BOAT HELD IN LIMBO

MYANMAR NAVY BLOCKS JOURNALISTS AS MIGRANT BOAT HELD IN LIMBO


OFF LEIK ISLAND, Myanmar (REUTERS) - Myanmar's navy briefly detained and turned back journalists on Sunday near a migrant boat being held off the country's southern coast, according to Reuters witnesses, as officials remained guarded over what would be done with the people on board.

Before being turned away, Reuters reporters saw hundreds of migrants - some rake thin - crammed on the deck of the converted Thai fishing boat that had been intercepted in the Andaman Sea on Friday and held in the waters off Leik island.

Some were sat on two of the four Myanmar navy vessels standing off the fishing boat, which had been discovered carrying 727 migrants.

A naval officer, who declined to be named because he was not authorised to speak to the media, said the boat had been found drifting at sea with no fuel or anchor, and was taking on water. "Their water pump was broken. If we hadn't found them, they may have died," the officer said.

*A handout picture released by the Myanmar Ministry of Information on May 30, 2015 shows migrants who were seized by the Myanmar navy in a boat near the Irrawaddy delta in Myanmar, on May 29, 2015. Myanmar's navy briefly detained and turned back journalists on Sunday, May 31, near a migrant boat being held off the country's southern coast, according to Reuters witnesses. -- PHOTO: EPA

SINGAPORE ARRESTS ALLEGED MATCH-FIXERS AHEAD OF SEA GAMES

SINGAPORE ARRESTS ALLEGED MATCH-FIXERS AHEAD OF SEA GAMES


A Singaporean and several foreigners have been arrested on suspicion of trying to fix football matches at the Southeast Asian Games (SEA Games), the city-state's anti-corruption agency said Friday.

The 36-sport biennial Southeast Asian Games was set to kick off informally late Friday with group stage football ties ahead of the opening ceremony on June 5 at the National Stadium of Singapore.

In a statement, the Corrupt Practices Investigation Bureau (CPIB) said it had been "proactively monitoring football match-fixing activities" and acted on information it received to arrest "a Singaporean alleged match-fixer and several co-conspirators of different nationalities."

"Some members from the Timor Leste SEA Games football team are also assisting the Bureau in its investigations," the CPIB said.

The agency did not provide further details about the suspects arrested or those being investigated.

It said the suspects were being probed under the city-state's tough Prevention of Corruption Act.

The swoop follows a string of match-fixing scandals which have tarnished the wealthy, gambling-mad island's reputation for clean government and low crime.

Singaporean businessman Eric Ding is currently serving a five-year jail sentence for providing prostitutes to Lebanese football referees in a bid to influence international matches in April 2013.

In September 2013, police detained 14 people believed to be members of a global match-fixing syndicate, including the suspected mastermind Dan Tan.

Tan, also known as Tan Seet Eng, is currently being held under a law that allows for indefinite detention, which is typically used against key gangsters.

Experts have said that easy international transport, a passport accepted around the world and fluency in English and Mandarin have helped Singaporean fixers spread their influence with the support of external investors, most believed to be from China.

The SEA Games, which Singapore is hosting for the first time since 1993, involve all 10 members of the Association of Southeast Asian Nations -- Brunei, Cambodia, Indonesia, Laos, Malaysia, Myanmar, the Philippines, Singapore, Thailand and Vietnam -- plus East Timor which first participated in the Games in 2003 and is also known as Timor Leste.

abs.cbsnews - Agence France-Presse
MYANMAR REJECT’S “UMBALANCED” ROHINGYA REMARKS IN OSLO

MYANMAR REJECT’S “UMBALANCED” ROHINGYA REMARKS IN OSLO


YANGON, Myanmar (AP) "” Myanmar rejected as unbalanced comments made by several Nobel Peace Prize winners calling for an end to the persecution of Rohingya Muslims.

The Nobel laureates including South Africa's Desmond Tutu, Iranian human rights activist Shirin Ebadi and former East Timor President Jose Ramos-Horta made the appeal following two conferences in the Norwegian capital last week. They called the situation of Rohingya in Myanmar "nothing less than genocide."

Myanmar's foreign ministry said in a statement published in Sunday's newspapers that such comments turned a blind eye to Myanmar's efforts on rebuilding trust between Buddhists and Muslims in western Rakhine state as well as "granting citizenship through national verification process to those Bengalis living in Myanmar for many years."

Myanmar does not recognize the Rohingya as an ethnic community and refers to the more than 1 million members in Rakhine state as Bengalis "” immigrants from neighboring Bangladesh. They have been denied citizenship and basic rights. More than 100,000 are confined to internal camps.

In recent weeks, the plight of Rohingya has turned into a regional crisis when thousands landed on the shores of Indonesia, Malaysia and Thailand, with others still believed stranded at sea.

The foreign ministry said Myanmar categorically rejects the "unbalanced and negative comments."

Others who criticized Myanmar's policies in Oslo included philanthropist George Soros, who escaped Nazi-occupied Hungary and said that there were "alarming" parallels between the plight of the Rohingya and the Nazi genocide.

GOVERNU SEIDAUK FO ATENSAUN DIAK BA AREA TURIZMU IHA MAROBO

GOVERNU SEIDAUK FO ATENSAUN DIAK BA AREA TURIZMU IHA MAROBO


DILI - Reprejentante povu iha uma fukun Parlamentu Nasional (PN) kestiona konaba seitor turizmu iha Timor Leste (TL), no konsidera too agora governu rasik seidauk fo atensaun diak ba area Turizmu iha Marobo, Municipiu Bobonaro.

Deputadu husi bankada CNRT, Antonio Ximenes husu ba Ministeriu turizmu atu bele  kontrolu fatin turizmu iha rai laran, no labele fokus liu ba iha aktividades dansa, tanba  area turizmu nee importante tebes atrai turizta mai investe.

Turizmu nee ita hare halo festa iha kintu kantu, maibe ita seidauk kontrolu diak ba ita nia area turizmu iha ita nia rai laran, tanba nee Ministeriu Turizmu labele fokus liu ba iha aktividades dansa sira nee, hanesan iha Marobo sira nee fatin turizmu nebee mak diak, maibe too agora fatin nee ba seidauk diak, ami Parlamentu aprova osan maibe governu tenki hadia area turizmu, tanba ho fatin turizmu nebee mak diak bele atrai turizta sira  mai iha rai laran,” dehan Deputadu Antonio ba STL, iha uma fukun PN, Sesta (29/05).

Nunee mos Prezidente Komisaun D PN nebee trata asuntu ekonomi dezemvolvimentu, Jacinta Abu Cau Pereira hateten, aktividade no programa nee barak, maibe Ministeriu Turizmu nia osan ba seitor turizmu tinan nee kiik.

Iha parte seluk, Direitor Jeral Farming Study Group Timor Leste (TL), Remigio Laka  Vieira husu ba governu atu tau preoridade ba iha area turizmu, liu-liu Ministeriu Turizmu atu bele kontrola area importante. Informasaun kompletu iha STL Jornal no STL Web, edisaun Sabado (30/5/2015). Jacinta Sequeira

Suara Timor Lorosae

Fota: Marobo – Bobonaro (projeto)
EKONOMIA FRAKU, POVU HAUPU DADA ELEKTRISIDADE ILEGAL

EKONOMIA FRAKU, POVU HAUPU DADA ELEKTRISIDADE ILEGAL


Komunidade suku Haupu, Postu Administrativu Letefoho, Munisípiu Ermera konfesa dada elektrisdade illegal ba Prezidente Repúblika (PR), Taur Matan Ruak tanba osan laiha hodi sosa prepagu elektrisidade atu nesesisita sira nian moris lor-loron.

“Ha’u fo hatene ba Prezidente Repúblika katak ha’u dada elektrisidade illegal tanba ha’u nia osan la iha atu sosa pulsa hodi ense ba,”hatete José Costa, Komunnidade Suku Hau-Pu liu husi sesaun dialogu ho PR, Taur,| Tersa (26/05).

“Ha’u mos husu ba nai Prezidente Repúblika atu fo hatene ba servisu EDTL atu labele tesi ha’u nia fiu tanba ha’u osan la iha duni atu sosa prepagu,”dehan José ho triste.

Hatan ba kestaun ne’e, PR, Taur , dehan, investimentu bo’ot ne’ebe Estadu Timor-Leste halo mak elektrisdade hodi fo naroman ba sidadaun hotu iha teriotriu Timor-Leste.

“Apá…!! kuandu servisu Elektrisidade mai halo inspensaun ba ita nia uma mak dada ahi illegal ne’e ladiak tanba la tuir politiku Governu ne’ebe monta kontador elektisidade hodi ita bele sosa prepagu ba ense para ita tur iha naroman,”dehan Xefi Estadu ne’e.

Xefi Estadu esplika tan, sidadaun iha direitu atu asesu ba naroman husi elektisidade maibe iha mos dever atu kontribui ba dezenvolvi mentu liu husi sosa prepagu ka pulsa. Nev

Jornal Nacional
ME SEI LOKE BIBLIOTEKA NASIONÁL

ME SEI LOKE BIBLIOTEKA NASIONÁL


Ministériu Edukasaun (ME) sei loke bilbioteka nasionál no mós sei alarga iha munisípiu 13 atu nune’e estudante sira bele asesu ba livrus hodi estuda no halo peskiza.

“Ministériu Edukasaun nia planu mak atu loke biblioteka nasionál no iha munisípiu 13, atu nune’e estudante sira bele asesu lalais livru hodi estuda ba siênsia saida de’it mak sira hakarak estuda”, informa Ministru Estadu Koordenador Asuntu Sosiál no Ministru Edukasaun Fernando ‘Lasama’ de Araújo, ba Jornalista sira iha salaun Canossa Has Laran Dili, Kinta (28/5).

Lasama hatutan katak, konaba kestaun ne’e nia parte iha semana kotuk hasoru malu ona ho Primeiru Ministru (PM) Rui Maria de Araújo ho membru Governu no membru Parlamentu Nasionál (PN) hodi planu ba 2016 nian hodi afirma iha reuniaun katak, iha 2016 sei aumenta ka hasa’e orsamentu ba Ministeriu Edukasaun nian.

Lasama dehan, wanhira aumenta orsamentu ministériu mós tenki aprezenta planu ida ne’ebé di’ak no klaru.

“Ha’u nu’udar Ministru Edukasaun (ME) ha’u mak tenki responsabilidade, maibé ha’u husu ba reitores universidade hotu-hotu no ba padre no madre sira ne’ebé mak kaer eskola ka instituisaun sira ne’e ita hotu-hotu tenki sente no responsabilidade ba ita hotu ninia”, hateten Lasama.

Lasama salient katak, sei hamutuk ho profesores, reitores universidade no ema hotu-hotu hodi tau matan ba problema edukasaun iha Timor Leste (TL) hodi hadi’a kualidade iha futuru.

“Tamba labarik sira ne’ebé mak agora dadauk iha banku pré-eskolar sira mak sei sai futuru ba nasaun ida ne’e”, Lasama fundamenta.alm

Jornal Nacional
PRESIZA INSPESAUN PRO-ATIVU BA SASAN EXPIRE

PRESIZA INSPESAUN PRO-ATIVU BA SASAN EXPIRE


Atu asegura liu tan povu Timor Leste nia vida no saude para livre husi moras ne’ebe maka bele kontamina ho hahan ne’ebe importa mai husi rai liur tama iha merkadu nasional, maka Ministeriu Comerçio, Industria no Ambiente (MCIA) tenki pro-ativu halo inspesaun ba lojas, kios no super merkadu sira.

Inspesaun ne’e importante hodi identifika sasan sira ne’ebe maka liu ona prazu (expire) no hahan balun ne’ebe talves bele kontamina ho veneno.

Reprezentante povu nian iha Parlamentu Nasional (PN) senti preokupa bot ho ia-han no sasan sira ne’ebe maka importa husi rai liur mai ne’ebe balun fa’an iha teritoriu Timor ho floin baratu mass nia tempu konsumu nian liu ona (expire).

Membru Bankada FRETILIN, Angelica Rangel, nota katak, hahan balun maka fa’an iha merkadu, hanesan latarias, bevidas, ayam potong, dosi no seluk tan, dala balun ema fa’an liu prazu ona.

“Ita presiza kontrola mos warung ho restorante sira ne’e nia menu, talves sira bele uza hahan ne’ebe maka liu prazu ona,” hateten Deputada Angelica Rangel ba JNDiario iha PN, Kuarta (27/05/2015).

Antes ne’e mos deputado Lionel Marsal husi

Bankada FRETILIN kestinoa kona-ba sasan ne’ebe mak liu prazu ona, maibe sei kontinua fa’an iha kios, lojas no super merkadu sira.

‘’Hau hola ayam potong iha Same nia prazu ne’e fulan 6 liu ona no lataria Deho ne’e prazu besik tinan 1 ona, hau husu loja nain ne’e dehan nia foin sosa husi Dili,” haktuir Deputadu Leonel Marcal.

Nia husu ba MCIA ho Ministeriu Saude bainhira halo inspesaun labele iha Dili deit, maibe kria mos ekipa inspesaun ida ba to’o munisipiu no suku-suku sira, tanba diler sira iha Dili laran ne’e hanoin iha municipiu Governu la halo inspesaun, tan ne’e sasan ne’ebe prazu ona sira tau hamutuk fan fali ba negosiante sira iha municipiu. Lia

Jornal Nacional
CELEBRAÇÕES DO DIA INTERNACIONAL DA CRIANÇA 2015

CELEBRAÇÕES DO DIA INTERNACIONAL DA CRIANÇA 2015


No dia 01 de Junho de 2015 assinala-se em todo o Mundo o Dia Internacional da Criança, proclamado em 1925 pela Conferência Mundial sobre o Bem Estar da Criança, e generalizado pelos países membros das Nações Unidas a partir de 1954.

Timor-Leste quer associar-se a estas celebrações pelo terceiro ano consecutivo, desenvolvendo um conjunto de actividades que promovem uma vida saudável e útil para as crianças Timorenses.


Destaca-se ainda o facto de neste dia se celebrar o 1º. Aniversário do Programa da Conta do Bebé, implementado em projecto piloto nos Municípios de Liquiçá e de Dili, e que beneficia crianças e agregados familiares carenciados e desafavorecidos de cada suco.

Neste sentido organizamos duas actividades sobre o Tema Geral: “Amar a Criança, Amar o Futuro” (Hadomi Labarik, Hadomi Futuru), pois acreditamos que o crescimento saudável (físico e psicológico) e a educação das nossas crianças (no conhecimento, na moral e na responsabilidade), são factores fundamentais para garantir o bom desenvolvimento e progresso Nacional.

As actividades programadas são as seguintes:

No dia 01 de Junho de 2015 (Segunda-Feira):

1º. Aniversário da Conta do Bebé

Sede do Município de Liquiçá, entre as 09H00 e as 14H00

Pelas 09H00 um Circuito de Registo – realiza-se o registo civil dos Bebés beneficiários e verificação médica da situação do agregado familiar. A actividade realiza-se na Sede do Município de Liquiçá, e conta com a presença da Associação das Parteiras de Timor-Leste; Conservatória do Registo Civil de Liquiçá; Centro de Saúde de Liquiçá; Brigada de Médicos Cubanos; Agência do Banco Nacional de Comércio de TL, autoridades locais; e os apoios da UNICEF e UNFPA.

Vão ser registados e efectuados check-ups médicos a cerca de 45 bebés beneficiários dos 23 sucos de Liquiçá, e entregues cadernetas com depósitos no BNCTL e cabazes de compras a cada um dos respectivos agregados familiares.

No final do registo pelas 12H00 está previsto um almoço de trabalho para os funcionários, voluntários e beneficiários do programa.

Animação Cultural, Centro Tokodede, Liquiçá, entre as 14H30 e as 17H00

 Pelas 14H30 realiza-se uma Animação Cultural – organizada por grupos e artistas das Escolas do Ensino Básico do Município de Liquiçá.

Está prevista a participação de 500 crianças e respectivos agregados familiares, provenientes dos 23 sucos e respectivas escolas de ensino básico centrais do Município de Liquiçá e a presença de convidados do Governo, Comunidade Diplomática acreditada em TL e empresários.

Vão ser entregues prémios aos Melhores alunos (Femininos e Masculinos) de cada escola participante; e realizada uma Rifa com o sorteio de prémios para os participantes.

Pretendemos com estas actividades chamar a atenção para o facto que a “Verdadeira Riqueza de um País, passa pela Boa Educação das suas Crianças as quais são o Futuro da Nação”, mostrando em especial para os nossos jovens, exemplos de alunos bem sucedidos no usufruto dos seus direitos, mas conjugado com o bom cumprimento dos seus deveres de estudar e de ajudar os pais.

SAPO TL com Gabinete da Primeira Dama de Timor-Leste 
CALOR EXTREMO FAZ QUASE DOIS MIL MORTOS NA ÍNDIA

CALOR EXTREMO FAZ QUASE DOIS MIL MORTOS NA ÍNDIA


As temperaturas ultrapassaram os 46 graus centígrados no sul do país

O sul da Índia está a ser assolado por uma onda de calor que, na última semana, provocou a morte a, pelo menos, 1.786 pessoas, de acordo com os dados oficiais.

As temperaturas ultrapassaram os 46 graus centígrados. Os estados de Andhra Pradesh e Telangana e a capital Nova Deli são algumas das zonas mais atingidas pelas temperaturas extremas.

A maioria das vítimas mortais são trabalhadores da construção civil, pessoas sem-abrigo e idosos.

Os hospitais estão à beira da ruptura. As folgas dos médicos foram suspensas devido à grande afluência de vítimas do calor.

No contexto das alterações climáticas, os peritos defendem que a Índia deve preparar estratégias para proteger as populações mais vulneráveis das ondas de calor, que vão ser cada vez mais frequentes.

“As temperaturas elevadas reforçam a necessidade de planos locais e sistemas de alerta de ondas de calor, para reduzir o impacto na saúde e aumentar a resistência das populações”, defende Anjali Jaiswal, do Conselho de Defesa dos Recursos Naturais, com sede nos Estados Unidos.

SAPO TL com Renascença - Foto: Harish Tyagi/EPA 
FIFA suspende Indonésia devido a interferência do governo na federação

FIFA suspende Indonésia devido a interferência do governo na federação


Zurique, Suíça, 30 mai (Lusa) - A FIFA suspendeu hoje a Indonésia, devido à interferência governamental na federação daquele país asiático, a menos de duas semanas do início da qualificação para o Campeonato do Mundo de futebol de 2018.

Apesar da suspensão de todas as competições organizadas pelo organismo que rege o futebol mundial, a seleção principal da Indonésia foi autorizada a continuar a disputar nos jogos do sudeste asiático.

"[A decisão da FIFA] resultou da ocupação das atividades da PSSI [a Federação Indonésia de Futebol] por parte das autoridades indonésias", explicou um porta-voz da FIFA.

Na base da decisão dos responsáveis governamentais indonésios de suspender todas as atividades da PSSI está um diferendo com a federação, relativamente à participação de dois clubes, que levou à interrupção do campeonato principal do país.

RPC // JP
Avião "Solar impulse 2" descolou da China para cumprir fase mais perigosa de viagem

Avião "Solar impulse 2" descolou da China para cumprir fase mais perigosa de viagem


Nanjing, China, 30 mai (Lusa) -- O avião movido a energia solar, "Solar impulse 2" descolou da China, na madrugada de domingo (19:40 de sábado em Lisboa em direção ao Havaí, para a fase mais perigosa da viagem que realiza à volta do mundo.

Nesta etapa, o piloto suíço, André Borschberg, estará seis dias e noites consecutivos sozinho aos comandos para atravessar o oceano Pacífico, até aterrar no Havai.

O "Solar impulse 2" descolou às 02:40 locais de domingo da cidade de Nanjing, no leste da China, onde se encontrava desde 21 de abril.

A partida foi adiada várias vezes devido a condições meteorológicas adversas, nomeadamente na última terça-feira devido ao céu nublado sobre a cidade chinesa e o mar do Japão.

O "Solar Impulse 2" nunca voou sobre um oceano e apenas se manteve a voar no máximo 24 horas, pelo que esta travessia do Pacífico é um desafio tecnológico e um feito histórico da aviação.

André Borschberg, de 62 anos, terá que cumprir uma distância de 8.500 quilómetros, que fará com sonos de 20 minutos, estando o seu assento equipado com um sistema de higiene.

Todos os dias, o piloto vai enfrentar altitudes de cerca de 28.000 pés (8.400 metros) e 55 variações de temperatura, numa cabine não pressurizada, segundo a agência noticiosa AFP.

Em caso de falha grave no voo, o suíço terá de ejetar-se de paraquedas no oceano.

NL // JMR
BRASIL E CHINA: AVANÇOS E CONTRADIÇÕES

BRASIL E CHINA: AVANÇOS E CONTRADIÇÕES


Acordos firmados por Li Keqiang e Dilma revelam: BRICS avançam e querem ser alternativa ao eixo EUA-UE. Mas também indicam que governo brasileiro resigna-se à condição de exportador primário

Mario Osava, da Agência IPS – Carta Maior

Foram 35 os acordos e contratos assinados durante a visita do primeiro-ministro da China, Li Keqiang, ao Brasil, mas somente um projeto chama a atenção, na ampla aproximação entre os dois países. Trata-se da Ferrovia Transcontinental, com previsão de mais de cinco mil quilômetros entre o porto de Açu, 300 quilômetros a nordeste do Rio de Janeiro, e um porto peruano, não mencionado, e que será objeto de estudos de viabilidade, segundo o memorando de entendimento assinado entre Brasil, China e Peru.

“É uma loucura”, afirmou Newton Rabello de Castro, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro especializado em transporte. “A barreira andina de quatro mil metros” e os altos custos tornam inviável de antemão o projeto, afirmou à IPS. “As ferrovias não gostam de topografia muito acidentada, todos as que foram construídas nos Andes foram desativadas e também não prosperou o trem-bala entre Rio de Janeiro e São Paulo por causa de seus custos absurdos”, explicou o engenheiro doutorado pelo Instituto Tecnológico de Massachusetts. Pelas mesmas razões tampouco se concretizaram outros traçados propostos para unir os oceanos Atlântico e Pacífico, incluindo os que cruzam áreas de maior densidade econômica como as do Cone Sul americano, onde bastaria completar a ferrovias já existentes, disse Rabello.

Outros acordos assinados pela presidente Dilma Rousseff e Li, ou alguns dos 120 empresários que acompanharam o primeiro-ministro chinês, são mais concretos e oportunos para o governo brasileiro, que enfrenta um ajuste fiscal e carece de recursos para impulsionar obras necessárias de infraestrutura e reativar a paralisada economia. A soma de investimentos chineses nos projetos acordados chega a US$ 53 bilhões, uma cifra propagada por Brasília sem confirmação chinesa nem contas detalhadas, ao compreender iniciativas em diferentes etapas, algumas ainda em fase de proposta, como a ferrovia interoceânica, e outras sujeitas a licitações.

Mas a participação de empresas e capitais chineses permitirá destravar muitas obras de infraestrutura atrasadas ou mesmo paralisadas, como estradas de ferro para a exportação da soja produzida nas regiões centro-oeste e nordeste do Brasil. Para isso haverá um fundo de US$ 50 bilhões, que será criado pelo Banco Industrial e Comercial da China (ICBC) e a Caixa Econômica Federal (CEF).

A indústria será prioritária em outro fundo, o Fundo Bilateral de Cooperação Produtiva, de caráter governamental. A China aportará entre US$ 20 bilhões e US$ 30 bilhões e o Brasil decidirá posteriormente sua cota. A industrialização da América Latina é um objetivo da cooperação chinesa, afirmou Li em Brasília, em resposta às queixas contra o intercâmbio assimétrico, com as exportações latino-americanas limitadas quase exclusivamente a matérias-primas.

A visita ao Brasil foi a primeira parte de uma viagem que é a estreia latino-americana do primeiro-ministro chinês e prosseguirá até o próximo dia 26 por Colômbia, Peru e Chile.

Os acordos assinados em Brasília para a cooperação financeira acentuam a criticada assimetria. Bancos chineses concederam novos créditos, no valor de US$ 7 bilhões, à Petrobras, que se somam a empréstimos anteriores que garantem o fornecimento de petróleo para a China. Outra beneficiada é a mineradora Vale, incluída em uma linha de crédito de US$ 4 bilhões para compra de navios destinados ao transporte de 400 mil toneladas de minério de ferro. Petróleo e ferro concentram cerca de 80% das exportações brasileiras para a China. Por isso o interesse de Pequim em melhorar a infraestrutura de transporte brasileira: dessa forma reduzirá os custos das exportações, além de ocupar a capacidade ociosa das construtoras chinesas, agora que diminuiu a demanda em seu mercado interno.

Outro aspecto abre o mercado chinês para a carne bovina em pé do Brasil. Uma exceção industrial nas exportações brasileiras é da aeronáutica. A venda de 22 aviões da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer) para uma companhia da China foi concretizada durante essa visita. Um acordo prévio estabelece a venda de 60 unidades no total.

O comércio bilateral alcançou US$ 77,916 bilhões em 2014, com superávit brasileiro — embora em queda pela redução dos preços dos preços dos produtos básicos. A meta é elevar rapidamente o intercâmbio a US$ 100 bilhões, segundo o primeiro-ministro chinês. Esse aumento das relações, especialmente dos investimentos chineses, “pode ser positivo para o Brasil, mas é preciso controlar o entusiasmo com essa aproximação”, afirmou Luis Afonso Lima, presidente da Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e Globalização Econômica (SBEET). “Os chineses têm mais a ganhar do que nós nesse processo. Buscam fornecedores de matérias-primas em toda a América Latina. Mas sem urgência — porque sua economia desacelerou –, podem pensar estrategicamente a longo prazo”, afirmou o economista à IPS.

“Com mais experiência acumulada em sua cultura milenar, eles sabem o que querem, buscam mais poder global e as alianças com países emergentes de outras regiões, como o Brasil, ampliam sua influência”, acrescentou Lima. Com quase US$ 4 trilhões em reservas internacionais, podem financiar o desenvolvimento de qualquer país.

Segundo Lima, uma frustração já ocorreu quando o Brasil reconheceu a China como uma economia de mercado em 2004, oferecendo-lhe, assim, melhores condições comerciais. A contrapartida não cumprida deveria ser de investimentos industriais de US$ 10 bilhões. O momento atual, porém, permite maior complementaridade econômica entre os dois países, favorecendo um melhor equilíbrio no intercâmbio bilateral. “A China deixou de priorizar as exportações e estimula seu consumo interno, enquanto o Brasil vive um momento oposto, com redução da demanda doméstica e maior esforço exportador, abrindo a possibilidade de sinergia entre ambos países”, afirmou Lima.

Porém, acrescentou o economista, aproveitar a oportunidade exige que se tenha objetivos claros, “planejamento de longo prazo, com prioridades definidas e as reformas adequadas, com investimentos produtivos em manufaturas, mas o governo brasileiro parece perdido”. A Ferrovia Transcontinental é projeto para “priorizar exportações de soja e minérios” para a Ásia, principalmente a China, concluiu Lima. Para Rabello de Castro, “historicamente a ferrovia produziu uma grande redução de custos no transporte terrestre, substituindo animais e carroças. Caiu de seis para um, inclusive mais em alguns casos, e isso ficou no imaginário das pessoas que ainda acreditam no trem como a solução, ignorando seus custos atuais”.

Em consequência, no Brasil constroem-se várias ferrovias paralelas dirigidas ao centro do país, com uma produção agrícola em alta, especialmente da soja. Onde havia uma só via precária para a exportação agora se quer oferecer três ou quatro alternativas e acrescentar outras ao excesso, como a bi-oceânica, disse Lima.

sábado, 30 de maio de 2015

BLATTER É REELEITO PRESIDENTE DA FIFA

BLATTER É REELEITO PRESIDENTE DA FIFA


Príncipe Ali da Jordânia desiste de segundo turno após ter obtido 73 votos no primeiro, contra 133 do atual presidente. Em discurso de agradecimento, Blatter promete "trazer a Fifa de volta à terra firme".

Apesar dos recentes escândalos de corrupção, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, foi eleito pela quinta vez consecutiva para o comandar a entidade máxima do futebol. Ele venceu a votação realizada no 65º congresso da Fifa, nesta sexta-feira (29/05), na sede da entidade, em Zurique.

Blatter foi declarado vencedor depois de o seu único concorrente, o príncipe jordaniano Ali bin al-Hussein, ter reconhecido derrota e desistido da realização de um segundo turno. No primeiro, Ali obtivera 73 votos, contra 133 de Blatter, de um total de 206 votos válidos. Havia 209 federações autorizadas a participar do pleito.

Blatter deixou de vencer no primeiro turno por apenas sete votos – 140 eram necessários para alcançar a maioria de dois terços exigida. "Muito obrigado, vocês me aceitaram pelos próximos quatro anos. Vou estar no comando desse barco da Fifa. Vamos levá-lo de volta à terra firme", afirmou.

A votação ocorreu dois dias após a Justiça americana ter indiciado 14 dirigentes, incluindo nove da Fifa – todos relacionados a um vasto esquema de subornos ligados à concessões de torneios de futebol e comercialização de direitos de transmissão. Paralelamente, autoridades suíças também anunciaram uma investigação criminal sobre as escolhas de Rússia e Catar para sedes das Copas do Mundo de 2018 e 2022, respectivamente.

Em 2011, Blatter foi o único candidato à presidência da Fifa e recebeu 186 dos 203 votos válidos.

Blatter promete "colocar a Fifa de volta no caminho certo"

Antes do início da votação, cada um dos candidatos teve a oportunidade de discursar para os membros das 209 federações de futebol da Fifa.

Apesar de já ter completado 17 anos como presidente da entidade – uma era marcada por escândalos – Blatter pediu um novo voto de confiança e que os delegados de cada federação se unissem a ele "para colocar a Fifa de volta no caminho certo".

"Vocês me conhecem, não preciso me apresentar", disse Blatter aos delegados. "Nós não precisamos de uma revolução. Nós precisamos de uma evolução", afirmou.

Com o recente escândalo, que levou à prisão de sete cartolas do futebol mundial, a imagem da Fifa, e por tabela de seu presidente, ficou ainda mais manchada. No entanto, o suíço de 79 anos rejeitou qualquer responsabilidade pessoal no caso de corrupção, que está sendo investigado por autoridades americanas e suíças. "Os culpados que estão por trás disso – caso venham a ser condenados como culpados – agem como indivíduos. Não se trata de toda a organização", disse Blatter.

O mandatário, porém, admitiu haver uma responsabilidade conjunta do comitê executivo da Fifa. Por outro lado, ele questionou a proximidade entre a prisão dos dirigentes e a eleição para a presidência da entidade. "Coloco em questão se foi uma coincidência", declarou Blatter. Por fim, Blatter apelou com um "não quero deixar vocês" e recebeu efusivos aplausos dos 209 delegados.

Príncipe jordaniano fala em democratizar a Fifa

O único concorrente de Blatter a manter a candidatura até a data do congresso foi o príncipe jordaniano Ali bin al-Hussein. Para os delegados, o príncipe havia dito que era necessário "um líder comprometido para consertar essa bagunça na qual estamos".

"Eu sei que a Fifa não é apenas um homem", disse o príncipe de 39 anos, que possui pouca experiência no mundo do futebol e em seu discurso transpareceu nervosismo. Al-Hussein prometeu "lutar contra o racismo e a discriminação em todas as suas formas e em defender os direitos humanos" e em transformar a Fifa numa organização mais democrática, transparente e aberta. Além disso, ele também garantiu que pretendia ficar apenas um mandato à frente da federação.

Protesto interrompe congresso por alguns instantes

Durante a abertura do congresso, duas manifestantes palestinas interromperam por breves instantes o discurso de Blatter, mostrando cartões vermelhos aos representantes da organização, enquanto gritavam "fora, Israel!"

Antes do início do evento, cerca de 150 manifestantes pró-Palestina haviam protestado do lado de fora do congresso. A Palestina, membro da Fifa desde 1998, pretendia a expulsão da federação de Israel, na sequência de restrições impostas à liberdade de circulação de jogadores palestinos. Os palestinos retiraram o pedido.

Deutsche Welle - PV/rtr/afp/dpa/sid
FIFA. A “SEPOCRACIA” SE MANTÉM - opinião

FIFA. A “SEPOCRACIA” SE MANTÉM - opinião


Bem-vindo ao universo paralelo da Fifa. Uma galáxia distante, onde corrupção e fraude são levados na esportiva. Só um golpe vindo de fora pode acabar com tudo isso, opina o jornalista esportivo Joscha Weber.

Tudo é relativo na Fifa. Até mesmo o tempo. "Acho que o tempo que passei na Fifa não é longo", disse Joseph "Sepp" Blatter antes de sua reeleição no 65º congresso da Fifa. Lembrete: este homem está há 40 (!) anos na entidade máxima do futebol mundial.

Em 1975, ele começou como diretor de programas de desenvolvimento. Naquela época, o seu adversário derrotado na disputa pela presidência da Fifa, o príncipe jordaniano Ali bin al-Hussein, não era nem nascido. E não somente neste ponto Blatter tem uma percepção bem própria das coisas.

Anos de corrupção por parte de dirigentes do alto escalão da Fifa? Para Blatter, apenas casos isolados. Indignação pública com o enésimo escândalo na Fifa? Sujeira para a qual a Fifa está sendo arrastada. Assumir a responsabilidade política pelo caso? "Sim, assumo", disse Blatter – mas renunciar por causa disso, nem pensar.

Blatter constrói o seu mundo do futebol do jeito que lhe agrada. E sua "família", como ele chama a Fifa, de fato aceita isso. Para quem vê de fora, é algo completamente incompreensível. Mas, dentro dessa família, as regras simplesmente são outras.

Há quatro anos, estive em Zurique para o congresso da Fifa de 2011. Na época também havia críticas públicas a Blatter e à Fifa – não tão contundentes como as de hoje, mas claramente audíveis. No interior do salão, porém, era tudo paz e amor. Somente a Federação Inglesa de Futebol (FA) ousou tecer algumas críticas a Blatter. Na época, pensei: um mundo paralelo, essa Fifa. Hoje tenho certeza: a Fifa é um universo paralelo.

"Não precisamos de uma revolução, precisamos de evolução", sustentou Blatter, com toda a seriedade, diante dos dirigentes, oferecendo-se como o nome inovador para uma "Fifa forte", que precisa ser protegida (por ele) de interferências políticas. Como é que é? Justamente ele quer reformar um sistema que tem sido moldado e influenciado por ele mesmo, durante décadas? Assim, como se ele não tivesse nada que ver com essa Fifa que está aí? Desconexão com a realidade é elogio num caso como esse.

E, mesmo assim, o mundo bizarro da Fifa é bem real. Um mundo onde um presidente em exercício provavelmente nunca deixará o cargo derrotado numa eleição porque mantém o seu eleitorado com cargos e doações de vários milhões de dólares. Um mundo no qual há influentes e ricos "coletores de votos", como o xeque Ahmad al-Sabbah, que, em troca de sua lealdade a Blatter, tem as melhores cartas para ser escolhido seu sucessor em quatro anos.

Ambos trocavam abraços e demonstravam no palco do congresso a certeza da vitória – antes mesmo da eleição. A Fifa, uma democracia? Está mais para uma monarquia com sucessão hereditária. Uma "Seppocracia".

Depois que ele finalmente foi novamente entronado, digo, eleito – porque seu desistiu de um segundo turno –, Blatter festejou a si mesmo: "Let's go Fifa, let's go Fifa! Eu sou o presidente de todos vocês", bradou, enviando beijos para o plenário. Um show que provavelmente só Joseph Blatter sabe protagonizar.

Apesar de toda essa encenação de um mundo intacto, os próximos meses serão desconfortáveis para a Fifa. Nos Estados Unidos, na Suíça e também no Reino Unido há investigações em andamento contra membros da Fifa. Já que as mudanças não vêm de dentro, que venham de fora. Afinal de contas, essa "Seppocracia" merece ser finalmente derrubada.

Joscha Weber - Deutsche Welle, opinião

*Joscha Weber é jornalista da redação de esportes da DW
TAUR KONSIDERA IMPLEMENTASAUN UMA MDG’S FAILA TOTAL

TAUR KONSIDERA IMPLEMENTASAUN UMA MDG’S FAILA TOTAL


HATOLIA - Programa governu hodi halo Uma MDG’s ba kbit lae kada suku hetan uma lima, nebe lao durante nee faila total, tamba uma hirak nee povu la uza balun animal mak hela, nune governu faila total iha ninia implementasaun.

Prezidente Repubika Taur Matan Ruak hatete Governu esforsu hodi halo uma MDGS, uma Prepara atu aldeia ida hetan uma lima, maibe uma sira nee barak ema la okupa, balun intrega ema la hela fo aluga no balun husik mamuk aninal mak iha laran.

Programa Uma MDG’s nee ita nia difikuldade boot, ita bele dehan la hetan susesu 100% laos deit kualidade, maibe populasaun balun uza ba la uza tamba planu ladiak,” dehan Taur hodi hatan ba Prekupasaun Povu iha suku Hatolia, Postu Administrativu Hatolia, Munisipiu Ermera.

Nia hatete Programa nebe mak iha governu sei halo maibe tamba Timor Leste nia suku 442 sei halo ida ba ida, la halo hotu tamba halo hotu dala ida imposibel no laos hare deit ida tamba sei hare buat barak.

Iha fatin hanesan liu husi Sesaun husu no hatan Povu Hatolia Monica Martins Husu ba Prezidente atu hatun ba governu liu-liu Ministeriu nebe mak implementa projeitu Uma MDG’S, tamba povu iha suku Hatolia seidauk hetan too agora.

Nune mos komonidade suku Samara Mateus dos Reis hatete governu halo uma lima kbit lael maibe too agora suku Samara seidauk hetan, tamba nee husu ba governu labele implementa ba suku balun deit maibe suku seluk nebe lahetan husik nonok. Informasaun kompletu iha STL Jornal no STL Web, edisaun Sabado (30/5/2015). Timotio Gusmao

Suara Timor Lorosae
Tomada Depose Ba Prezidente KFP, PM Rui: Tenki Responsabiliza FP Ba Futuru

Tomada Depose Ba Prezidente KFP, PM Rui: Tenki Responsabiliza FP Ba Futuru


DILI - Primeiru Ministru (PM) Rui Maria de Araujo husu ba Prezidente Komisaun Funsaun Publiku (KFP) foun, Faustino Cardoso ho Komisariu sira atu kontinua serbisu hodi hadia funsaun publiku ho kolidade, atu lori estadu no sidadaun ba futuru ho susesu.

Lia hirak nee hatoo husi PM Rui, liu husi Tomda Depose ba Prezidente Funsaun Publiku foun Faustino Cardoso ho nia komisariu nain 4, iha Salaun Ministeru Negosiu Estranjeru e Koperasaun (MNEK), Pantai Kelapa, Dili, Sesta (29/05/2015).

Hau ba Prezidente Komisaun Funsaun Publiku foun responsabeliza no garantia funsaun publika serbisu ho professional no kapas, hodi garantia prestasaun serbisu ho kualidade, atu lori estadu no sidadaun ba oin ho susesu,” hateten PM Rui.

Tamba nee Xefi Governu husu ba Prezidente Komisaun Funsaun Publiku Faustino Cardoso ho komisariu Domingas Alves, Jacinta Bernardo, Maria Olinda Cairo Alves ho Jose Telo Soares Cristovão, hodi kontinua serbisu lori founsaun publiku ba oin.

Iha fatin hanesan Prezidente Komisaun Funsaun Publiku Faustino Cardoso agradese ba Governu no Parlamentu Nasional, neebe foo konfiansa ba sira, atu lori funsaun publika ba oin.

Nune mos eis Prezidente Komisaun Funsaun Publika Liborio Pereira hateten komisariu foun kontinua serbisu tau matan ba Funsaun Publika, para bele hadia no lori estadu no povu ida nee ba futuru ho diak. Informasaun kompletu iha STL Jornal no STL Web, edisaun Sabado (30/5/2015). Joao Anibal

Suara Timor Lorosae
Governu Sei Persija Asesor Internasional Maske Selu Karun, Akara: “Hapara Neebe Laiha Kapasidade”

Governu Sei Persija Asesor Internasional Maske Selu Karun, Akara: “Hapara Neebe Laiha Kapasidade”


DILI – Governu Timor Leste kontinua presija assessor internasional iha area espesialidade balu, neebe mak Timor oan rasik seidauk bele, maske tenke selu osan ho valor neebe boot.

Informasaun nee fo sai hosi Primeiru Ministru (PM), Rui Maria de Araujo, ba jornalista sira liu hosi konferensia imprensa neebe maka halao iha Palasiu Governu, Kinta (28/05) wainhira publika relatoriu servisu loron 100 VI Governu konstitusional.

Ita rekruta mos ita kompete iha merkadu internasional, agora hau fo izemplu kiik ida ita persija ema espesialidadu iha area eletrisidade neebe maka timor oan laiha no ema nee diak duni, maibe iha rai seluk mos ema persija nian agora nia husu ita selu 12 mil dolar amerikanu, maibe ita dehan lae ami selu o ho dolar rihun 2 nee nia mai ga lae, ida nee mak ita persija hanoin,” hatete PM Rui.

Xefi Governu nee hatutan problema neebe maka governu hasoru laos konaba osan neebe bot hodi selu ba asesor internasional, maibe governu persija servisu neebe mak assessor internasional sira atu halo hodi responde ba nesesidade Timor Leste nian.

Iha fatin ketak Diretor Organijasaun Non Govermental Luta hamutuk, Mericio Akara, husu ba governu atu hapara assessor internasional balu, neebe mak laiha kapasidade atu halo servisu kuandu atu halo poupansa. Informasaun kompletu iha STL Jornal no STL Web, edisaun Sabado (30/5/2015). Thomas Sanches

Suara Timor Lorosae
FOOTBALL SEA GAMES MALAYSIA vs TIMOR LESTE - video

FOOTBALL SEA GAMES MALAYSIA vs TIMOR LESTE - video


Football SEA Games Malaysia Vs Timor Leste (4)

In here we will be sharing links for Malaysia vs Timor-Leste live streaming, We in here have listed down the official broadcasters of Singapore Asian games 2015, please do check it out. SEA Games 2015 authorities have developed certain android apps for watching sea games 2015 online. Malaysia vs Timor-Leste match will be live streamed online through the official sites of the broadcasters. We in here after the match shares Malaysia vs Timor-Leste highlights for watching. For a while you have to cop up with one of the old match between Malaysia and Timor – Leste.

I hope you all loved reading the article, please do subscribe us for getting latest updates on SEA Games 2015, SEA Games 2015 medal tally, SEA Games 2015 Live and SEA Games 2015 opening ceremony.

In Youtube
Abrigu Xanana Abandona, Povu Legimea Husu Estadu Hadia

Abrigu Xanana Abandona, Povu Legimea Husu Estadu Hadia


ERMERA - Abrigu Eis Primeiru Ministru Xanana Gusmao iha Hituria aldeia tidis Abandona, Povu husu Estadu Atu hadia tamba fatin historia nebe sei atrai turista sira atu vizita maibe governu la fo atensaun.

Liu husi Sesaun husu no Hatan Povu Legimea, Carlos Soares husu ba prezidente Republika atu hadia Abrigu Xanana Gusmao iha Hituria, aldeia Tidis tamba oras nee Abandona laiha atensaun husi Governu.

Iha abrigu ida iha Tidis nebe uluk Xanana subar, abrigu nee nia naran Hituria, Maibe oras nee abandona tamba nee husu ba Prezidente Republika atu fo atensaun se bele karik hadia tamba fatin historia,” dehan Carlos Sesta (29/05/015) iha Suku Legimea, Postu Administrativu Ermera, Munisipiu Ermera.

Hatan ba preokupasaun nee Taur hatate lider rezistensia sira nebe mak povu subar iha tempu funu, estadu nunka haluha tamba liu husi sira maka lider sira moris no nasaun moris too Timor Leste hetan ninia independensia.

Taur Hatete katak Sei halo vizita kaixa sira iha Nasaun Timor Leste foin vizita suku no nia parte hein katak governu sei halo survey, hodi identifika fatin historia nebe mak iha nasaun Timor Leste. Informasaun kompletu iha STL Jornal no STL Web, edisaun Sabado (30/5/2015). Timotio Gusmao

Suara Timor Lorosae
PR TAUR INAGURA PONTE BEALI

PR TAUR INAGURA PONTE BEALI


Prezidente Repúplika (PR), Taur Matan Ruak, Kinta (28/05), inaugura ponte Beali, Suku Hatulia, Postu Administrativu Hatulia, Munisípiu Ermera, ne’ebe fundus apoiu husi Projetu Programa Nasional Dezenvolvimentu Suku (PNDS), ho osamentu US$ 48, 750,00.

Seremonia inaugurasaun ba ponte refere, akompaña husi Sekretariu Estadu Dezenvolvimentu Interna, Samuel Mendonça, autoridade sira husi Munisípiu Ermera, Postu Administrativu Hatulia ho komunidade sira ne’ebe partense ba Suku refere.

Hafoin inaugura ponte ne’e, PR Taur fo parabens ba komunidade sira ne’ebe servisu halo ponte ne’e tanba kualidade diak.

“Ha’u fo parabens ba imi tanba imi halo milagre, imi mak ukun Timor karik lalais deit tanba ho deit osan US$ 48, 750,00 maibe halo buat ne’e todan ho kualidade diak tebes,”hatete PR Taur ho kontente.

“Imi iha ne’e halo buat ne’ebé ema seluk labele halo tanba imi hotu nia involvementu, buat ne’ebe todan sai kman,” hatete tan PR Taur.

Iha fatin hanesan, Xefi Aprovizionamentu PNDS Suku Hatulia Carlos Martins hatete, obra ba ponte ne’e hahú iha fulan Agostu tinan 2014. Durasaun ba halo ponte ne’e fulan 4 nia laran, ne’ebe termina iha inisiu 2015. No osan ne’ebe aloka ba projetu ne’e mai husi PNDS hamutuk 48,750, maibe uza deit US$ 39,000 restu rai hela iha Banko.

“Traballador sira ne’ebe mak servisu ba projetu ne’e mai husi Aldeia 4 ne’ebé partensia ba Suku ne’e nian. Kada semana-semana ema nain hitu (7) troka malu,” hatete Carlos.

“Hanesan Suku Hatulia oan senti kontenti tebes ho ponte ne’e bele ajuda no fasilita ami nia movimentu diak liu tan husi Suku ida ne’e ba Hatulia vila iha tempu udan no mos bele asesu ona transporte publiku,” dehan nia.

Iha oportunidade ne’e mos, Julio Soares hanesan komunidade Suku Hatulia hatete, nia parte agredese ba Governu tanba bele tau osan hodi hadia sira nia ponte ne’ebe liga ba sira nia Suku no mós ba Postu Administrativu Hatulia.

“Uluk ponte ne’e seidauk iha, kuandu udan bo’ot mota Beali bo’ot ami no oan sira ne’ebé eskola labele liu ba mota sorin hodi ba eskola iha Hatulia vila maibe agora ho ponte ne’ebe iha bele ajuda ami ba mai diak ona no kareta mós bele asesu tama ami nia Suku ona,” hatete Julio.

Nia husu ba Governu atu kontinua ho programa PNDS ne’e tanba bele fo benefisiu ba komunidade iha Suku ne’e, tanba projetu ne’e kaer diretamentu husi komunidade.Nev

Jornal Nacional