domingo, 21 de novembro de 2010

UE PEDE AO GOVERNO CONTROLE DO CRIME ORGANIZADO

UE PEDE AO GOVERNO CONTROLE DO CRIME ORGANIZADO

.

A União Europeia pediu ao governo timorense que controle melhor o crime organizado; o que o representante da União Europeia não disse foi que o crime organizado está dentro do próprio governo, como é dito pela Fundação Mahein. Não sendo novidade deverá ser útil fazer apelo a memórias que conduzem a conexões há muito encobertas em operações de "lavagem" que não devem ser ignoradas nem prevalecer, sob pena de prolongarem o regime de impunidades.

HÉRCULES MARÇAL, GANGSTER AMIGO
.
Não foi por acaso que um dos maiores criminosos timorenses, naturalizado indonésio, referenciado mestre do crime pela polícia indonésia, envolvido na trama contra Alfredo Reinado, foi recebido em Dili com pompa e circunstância, com direito a entrada VIP no aeroporto Nicolau Lobato, conferenciou com Fernando Lasama Araújo, presidente do Parlamento Nacional, e com Xanana Gusmão, primeiro ministro, recebeu por prémio não se sabe bem de quê um terreno em local previligiado de Dili para instalar um "negócio", foi publicamente elogiado e recebeu agradecimentos não se sabe exatamente de quê nem porquê...

Quando vimos acontecer ao mais alto nível o descaramento de receberem criminosos e lhes proporcionarem honras por "grandes feitos", que nem se sabe quais, é mais que legitimo depreendermos que estamos perante representantes do povo timorense, por acaso eleitos, que andam de mãos dadas com o mundo do crime. Daí a surgirem dúvidas sobre a integridade de carater desses políticos não vai distância nenhuma. Os que receberam e recebem (?) assim o criminoso Hércules em representação do Estado Timorense, são os que devem esclarecer a União Europeia, mas principalmente os timorenses, sobre as razões de terem relações tão próximas com "conceituados" indivíduos que se sabe serem do crime organizado. Se o crime organizado estiver dentro do governo timorense como quer o representante da União Europeia que o governo a ele próprio se auto-controle e destrua?

Quem disparou sobre Ramos Horta em 11 de Fevereiro de 2008? Quem executou Alfredo Reinado e Leopoldino Exposto em casa do presidente Horta, nesse mesmo dia e com uma diferença de minutos? Quem se usou do crime organizado para "embrulhar" Alfredo Reinado na trama que o havia de levar à execução? Porque razão Longuinhos Monteiro, naquela data PGR, "viu" placidamente "desaparecerem" provas, forjarem outras, contaminarem imensas? Porque razão assistimos à enorme farsa do julgamento sobre o 11 de Fevereiro que deu na libertação de todos os envolvidos? Não foi porque os verdadeiros implicados no 11 de Fevereiro de 2008 se usaram de inocentes nos crimes acusados para se encobrirem? O crime organizado também está infiltrado no aparelho de Justiça timorense? Não? Então expliquem a farsa do processo e do julgamento do 11 de Fevereiro de forma plausível.

Sempre a tempo tudo se esclarecerá. Ainda muita água vai correr sobre o "crime organizado" em Timor Leste, fazendo rolar "pedras" que amaciará e a que retirará as arestas, emergindo-as e depositando-as no areal, à vista de todos, expostas ao sol da verdade e da justiça que também falha em Timor Leste.

Por agora a inutilidade da União Europeia ou quem quer que seja pedir ao governo de Gusmão para controlar o crime organizado em Timor Leste é flagrante, como é estulto pedir ao coxo para não coxear.

ALGUMAS REFERÊNCIAS:
http://www.etan.org/et2008/3march/22/16suhart.htm - http://aeiou.expresso.pt/os-indicios-sao-muitos-fortes=f291729 - http://timorleste.livejournal.com/197946.html - http://odanmatan.blogspot.com/2008/09/xananaamp-hakarak-hercules-loke-bisnis.html - http://timor-online.blogspot.com/2008_04_13_archive.html - http://timorhauniandoben.blogspot.com/2010/02/ramos-horta-two-years-without-weight-on.html - http://www.easttimorlegalinformation.org/Legal_News/March_2008_4.html - http://timor-online.blogspot.com/search?q=HERCULES - http://timor-online.blogspot.com/2008/03/unmit-media-monitoring-tuesday-25-march.html
.